Segunda-feira, 27.10.08

Ligação externa

A partir de agora já é possível aceder a este blogue a partir do portal da Escola, em http://www.eb23-pacos-ferreira.rcts.pt/: quer no atalho existente na barra de ligações à esquerda, quer clicando em Actividades na barra superior.

Boa navegação!

publicado por p3es às 10:54 link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22.10.08

POUPAR ENERGIA ELÉCTRICA – MUDAR É FÁCIL E NÃO CUSTA NADA!

Perante uma reduzida (cerca de dezena e meia de docentes) mas atenta e participativa plateia decorreu hoje, na sala 18 do Bloco C da nossa Escola, a Acção de Sensibilização “Poupar Energia Eléctrica - Mudar é fácil e não custa nada! dinamizada pela Delegação Regional do Norte da DECO – Associação Portuguesa para Defesa do Consumidor e financiada pela ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos), orientada pela monitora Eva Amorim, membro de uma das "Brigadas do Carbono" daquela Associação.

Durante a sessão foi apresentado o Material Didáctico para a Poupança de Energia Eléctrica editado pela DECO: "A brincar, a brincar, ... energia eléctrica aprendemos a poupar!...", destinado ao 1.º ciclo; e "Poupar energia é o que está a dar!", destinado aos 2.º e 3.º ciclos, dos quais foi entregue um exemplar de cada ao Agrupamento. Tais Materiais ficarão colocados na Biblioteca da EB 2/3 para acesso de todos os docentes interessados.

Eva Amorim, das "Brigadas do Carbono" da DECO, durante a Acção de Sensibilização

Parte da assistência da Acção de Sensibilização

Desligue... se não está a usar!

Algumas imagens tomadas durante a Acção de Sensibilização.

publicado por p3es às 21:00 link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17.10.08

Convite

Terá lugar na próxima 4.ª-feira, dia 22 de Outubro, das 12h30 às 13h30, na sala 18 (Bloco C) da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Paços de Ferreira uma Acção de Sensibilização intitulada  “Poupar Energia Eléctrica – Mudar é fácil e não custa nada!” dinamizada pela Delegação Regional do Norte da DECO – Associação Portuguesa para Defesa do Consumidor e financiada pela ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos).

Esta Acção, incluída nas actividades desenvolvidas pelo Preojecto 3E’s – Escola Energeticamente Eficiente e dirigida aos docentes do nosso Agrupamento de Escolas, resulta de um convite formulado pela equipa do Projecto 3E’s à referida Delegação da DECO.

 

Os objectivos da Acção são:

 

  • Prestar informação sobre a eficiência no consumo da energia eléctrica;
  • Fornecer informação clara, simples e rigorosa sobre a importância e a necessidade de poupar energia eléctrica, como estratégia para estimular a mudança de comportamentos dos consumidores, visando a redução no consumo;
  • Incentivar comportamentos mais racionais que permitam a tomada de decisões mais conscientes para adoptar soluções mais eficientes no consumo de energia eléctrica;
  • Responsabilizar o consumidor pelos seus actos individuais em relação ao uso da energia e demonstrar as consequências económicas e ambientas;
  • Demonstrar os ganhos financeiros e ambientais que se podem alcançar com a compra de equipamentos mais eficientes;
  • Envolver públicos com capacidade para multiplicar a informação e ampliar as mensagens atingindo um elevado número de consumidores.

 

Esta Acção poderá dar ideias e sugestões para aplicar em Formação Cívica, ao nível da Educação Ambiental ou ainda da Educação para o Consumo, pelo que será de toda a conveniência a sua assistência por parte dos Directores ou Responsáveis de Turma.

 

Certos da importância desta Acção de Sensibilização, o Projecto 3E’s convida todos os docentes do Agrupamento de Escolas de Paços de Ferreira a estarem presentes!

publicado por p3es às 23:00 link do post | comentar | favorito
Sábado, 11.10.08

Objectivos. 2|dois

Pretende-se com este Projecto a redução – e, se possível, a inversão – da factura energética da Escola, utilizando-se para tal e com vista a melhorar o seu desempenho energético:

 

  • a alteração de processos e/ou métodos;
  • a rentabilização, com eventual alteração, dos recursos físicos existentes;
  • a implementação de novos equipamentos tecnicamente adequados.

bem assim como criar uma escola de boas-práticas energéticas e ambientais que poderão potenciar a futura criação de um curso profissional na área. 

publicado por p3es às 18:31 link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 09.10.08

Pressupostos. 1|um

A nossa Escola, como aliás a maioria das Escolas Básicas do país, foi construída com uma tipologia-padrão, mais de acordo com a época da sua criação do que com a sua localização geográfica. Assim, por exemplo, é do conhecimento geral de toda a sua comunidade educativa que:

  • as salas são bastante frias no Inverno, o que levou à instalação, posterior à construção da Escola, de um sistema de aquecimento a mazoote. Embora esse sistema permita um razoável conforto no interior das salas, estas não estão convenientemente isoladas o que cria situações de desperdício de energia térmica, com o concomitante desperdício de dinheiro;
  • a disposição das salas, a sua orientação geográfica, e mesmo a sua localização no espaço da Escola, criam situações em que os docentes, para poderem leccionar, são amiúde obrigados a fechar as janelas e a baixar os estores. Ora, embora a iluminação das salas seja feita com lâmpadas fluorescentes – com elevada eficiência energética – o facto de haver necessidade de as acender, e manter acesas durante todo o dia, significa um desperdício de energia eléctrica, com o concomitante desperdício de dinheiro.

Há, pois, diversos nichos de desperdício energético – e de dinheiro – que poderiam ser, se não evitados na íntegra, pelo menos fortemente reduzidos com uma correcta adequação de procedimentos e/ou pequenas alterações estruturais que iriam significar na prática, além de uma evidente melhoria quer no conforto quer nas condições de trabalho da comunidade educativa quer, sobretudo, numa óbvia e significativa redução de custos no orçamento da Escola.

Por outro lado, sendo a Escola um organismo vivo, necessita de estar sempre não só atenta à evolução do mundo que a rodeia, como também preparar os seus alunos para esse mesmo mundo, bem assim como promover-lhes a aquisição de hábitos de cidadania conducentes a um uso mais racional dos recursos energéticos do planeta.

Nesta vertente, se por um lado se assiste ao contínuo e inexorável aumento do custo das matérias-primas tradicionais, por outro as tecnologias para produção de energia de formas alternativas está cada vez mais acessível, quer conceptual, quer economicamente. Assim sendo, há uma outra faceta que poderia/deveria ser explorada na Escola: a utilização de fontes alternativas de produção energética, as quais poderão significar uma fonte extra de rendimento para o erário escolar.

publicado por p3es às 14:23 link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 01.10.08

Projecto 3E's

 

Projecto 3Es:
Escola
Energeticamente
Eficiente

Como reduzir as despesas da Escola, tornando-a energeticamente eficiente.

Pretende-se com este Projecto a redução – e, se possível, a inversão – da factura energética da Escola, utilizando-se para tal a alteração de processos e/ou métodos, a rentabilização, com eventual alteração, dos recursos físicos existentes; a implementação de novos equipamentos tecnicamente adequados, bem assim como criar uma escola de boas-práticas energéticas e ambientais que poderão potenciar a futura criação de um curso profissional na área.

 

publicado por p3es às 22:52 link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Hora atual

Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
18
19
20
21
23
24
25
26
28
29
30
31

últ. comentários

mais comentados

links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro