Quinta-feira, 08.07.10

Avião movido a energia solar tenta voo nocturno

in http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=1612786, 2010.07.07


O avião Solar Impulse, propulsado exclusivamente por energia solar, que irá dar a volta ao mundo em 2012, descolou hoje, quarta-feira, com o objectivo de completar o seu primeiro voo nocturno.

O protótipo suíço levantou voo do aeródromo de Payerne, Suíça, pelas 07.00 horas (hora local) e irá voar durante todo o dia de hoje, carregando assim as suas baterias solares para poder voar toda noite, aterrando 24 horas depois de ter descolado.

Caso este plano seja conseguido, o avião pilotado por André Borschberg terá conseguido concretizar o seu objectivo primordial, o de demonstrar a fiabilidade de voar à noite num avião propulsionado por energia solar.

Pouco antes da hora de partida, o protótipo foi submetido a uma série de provas e testes finais, sendo que conseguiu voar a uma altitude de 8500 m. A altitude a alcançar durante o voo desta noite será de 1500 m.

Este voo, que estava previsto para o passado dia 1 de Julho, foi adiado devido a problemas técnicos que teriam impedido o seguimento desde terra de parâmetros cruciais para a segurança da nave e da sua tripulação.

Solar impulse
A volta ao mundo

Foi no passado dia 7 de Abril que o Solar Impulse completou o seu primeiro voo de uma hora e meia, aterrando no mesmo aeródromo do qual partiu hoje.

A meta final de Bertrand Piccard, o aventureiro e mentor deste desafio, consiste em que o protótipo, avaliado em 70 milhões de euros, dê a volta ao mundo com cinco escalas em cinco dias no prazo de dois anos.

A partir das conclusões técnicas retiradas do voo nocturno a realizar no dia de hoje, será construído um novo protótipo.

O projecto que já conta com cinco anos de trabalho procura agora potenciar as energias renováveis, promovendo a sua utilização e provando assim que é possível poupar energia com a utilização das novas tecnologias.


Avião movido só a energia solar consegue voo de 26 horas

in http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=1613544, 2010.07.08, 13h28


O avião Solar Impulse, que só funciona com energia solar, aterrou esta manhã, quinta-feira, depois de um voo experimental de 26 horas. Aumentam assim as hipóteses de uma volta ao mundo em 2013.

Imagem do avião solar durante o voo experimental (Foto A.P.)

O Solar Impulse, imaginado pelo explorador suíço Bertrand Piccard, aterrou na pista da base militar de Payerne, no oeste da Suíça, comandado pelo piloto e co-fundador do projecto, André Borschberg, e foi recebido com aplausos por uma centena de espectadores.

O avião, cujas asas estão cobertas por 12 mil células fotovoltaicas que alimentam os quatros motores eléctricos, tinha descolado ontem, quarta-feira, da pista da base militar de Payerne e realizou parte do voo de noite, numa viagem inédita para o aparelho e para a equipa.

As baterias de lítio-polímero de 400 kg instaladas no avião, que foram recarregadas pelos painéis solares ao longo do dia de quarta-feira, forneceram a energia necessária para manter o aparelho no ar durante o voo nocturno.

"Será um grande dia se tudo correr bem", declarou, pouco antes da descolagem, Bertrand Piccard, conhecido por ter feito a primeira volta ao mundo em balão sem escala há mais de dez anos.

André Borschberg, antigo piloto de aviões de combate, manteve-se 26 horas no ar a uma altitude superior a 8500 m sem piloto automático.

Sete anos de trabalho foram necessários para concluir este avião, com uma envergadura de asas idêntica à de um Airbus A340 (63,40 m) e um peso pluma de 1600 kg.

publicado por p3es às 18:56 link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 05.07.10

Mais de mil pessoas pedalam em Coimbra

Por Cláudia Reis com Lusa, publicado em 04 de Julho de 2010 in http://www.ionline.pt/conteudo/67684-mais-mil-pessoas-pedalam-em-coimbra.

Mais de mil pessoas pedalaram hoje pela cidade de Coimbra numa iniciativa de promoção do desporto e da mobilidade urbana, organizada pela autarquia, no âmbito das comemorações doDia da Cidade que hoje se festeja.

Num trajeto de 10 quilómetros, cerca de 1100 pessoas de todas as idades, entre elas famílias inteiras, participaram assim no segundo Bike Day Cidade de Coimbra, que teve início e fim na Praça Heróis do Ultramar, com passagens pela Pontes Rainha Santa IsabelSanta Clara e pela Baixa e Alta da cidade.

“O primeiro objetivo tem a ver com a prática desportiva e a saúde, associada às boas práticas de vida, mas também com a bicicleta como elemento de mobilidade e respeitadora do ambiente”, salientou Luís Providência, vereador do Desporto da autarquia de Coimbra.

“Temos aqui várias vertentes que tentamos cumprir com este Bike Day Cidade de Coimbra”, frisou o autarca, acrescentando que a iniciativa foi um êxito “que nos leva a acreditar que vamos ter de fazer isto todos os anos em Coimbra”.

Segundo Luís Providência, passar a Ponte Rainha Santa Isabel foi para muitos a primeira oportunidade de, em cima de uma bicicleta, observar “a vista magnífica que se tem do rio e da cidade”.

Ponte Pedro e Inês (c) Emídio Gardé

O evento, refere, “é uma oportunidade única para as pessoas poderem transitar pelas ruas da cidade”, embora de forma condicionada.

Com a filha Adriana, de 3,5 anos, que transportou na sua bicicleta, e a mulher Rita Barroso, Henrique Costa, de Coimbra, foi um dos participantes que trouxe a família ao evento.

“Estamos habituados a andar de bicicleta e ela também (a filha) e hoje aproveitámos para, com este povo todo, dar um passeio para nos divertirmos”, referiu este jovem de 34 anos.

O convívio e o gosto pela bicicleta levaram Filipa Costa, de 33 anos, a participar no Bike Day Cidade de Coimbra, juntamente com o marido e o filho de 3 anos.

“Acima de tudo o convívio entre os três e também o miúdo, que gosta muito de andar de bicicleta”, disse, salientando que “é engraçado fazermos esta actividade os três”.

E sem temer os efeitos do calor, João Coelho, de 51 anos, não tem dúvidas de que “o sol faz bem para tirar a barriguinha”.

“Estou transpirado e um bocadinho cansado, pois não estou habituado a andar de bicicleta”, revelou, por seu lado, o jovem Sérgio, que no final descansava sentado ao lado das amigas Teresa e Susana, que defendeu uma iniciativa de dia inteiro.

“Devia ser o dia todo. É muito pouco ser só uma manhã. Desde que a água nos acompanhe e haja uma boa refeição no final nós aguentamos”, brincou.

Apesar das subidas e das temperaturas apertarem (estavam 27 graus), praticamente todos os participantes cumpriram o percurso de uma dezena de quilómetros e apenas, segundo fonte dos Bombeiros Sapadores, duas pessoas necessitaram de observação.

publicado por p3es às 00:01 link do post | comentar | favorito
Domingo, 04.07.10

Cozinha solar

Na última semana de aulas, a 15 e 17 de Junho, englobada nos Dias da Ciências, esteve patente na sala C18 uma exposição de trabalhos elaborados pelos alunos em Educação Tecnológica durante o ano que agora terminou; entre eles diversos fornos solares de diversos tipos, construídos por alunos do 8.º ano, bem como alguns modelos cujos mores eléctricos eram alimentados por energia solar via células fotovoltaicas.

Embora o P3E's não tenha estado directamente presente, foi mais uma demonstração da aplicabilidade da utilização da energia solar, que o Projecto tanto defende.


Fornos solares reflectores

Três modelos de fornos solares reflectores.


Fornos solares reflectores e de caixa fechada

Outros quatro modelos de forno: à esquerda um reflector de estrela pentagonal e os restantes de caixa fechada.

 

Um dos fornos expostos, de caixa fechada e com a particularidade de ser desmontável, foi usado para assar umas maçãs:

Forno de caixa desmontável

É evidente que o seu resultado foi um pouco inferior ao industrial SunCook (abaixo); mas lá cumpriu a sua missão...

Forno SunCook e modelo de barco com alimentação fotovoltaica

Forno solar industrial SunCook em pleno funcionamento. À frente um modelo de "hovercraft" com o motor eléctrico alimentado a energia solar através das três células fotovoltaicas.

 

É escusado dizer-seque a pizza e as maçãs assadas nos fornos foram rapidamente consumidas pelos alunos e professores presentes, que destacaram, sobretudo, o sabor "especial" e "natural" dos produtos cozinhados nos fornos solares.

 

Para o ano há mais!

 

E, por falar em cozinha solar, um blogue a consultar: http://arquiecologia.com/cocina-solar/

mais sobre mim

pesquisar

 

Hora atual

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

últ. comentários

mais comentados

links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro